sexta-feira, 24 de fevereiro de 2006

Resoluções


E foi te ensinando que aprendi
A olhar o mundo com mais calma
Decidindo que o certo faz bem a todos
Que o sorrir proporciona o bem

E foi te observando que entendi
A simplicidade com que vives
A sedução que exalas e que me fixa a ti
Igual a cena etérea do vento em teus cabelos

E foi te acompanhando que iniciei
O caminho de volta, agora de forma sublime
Do que me era lembrança de dias bons
Desenhados em abraços perdidos no ontem

E foi te desejando que descobri
Um querer diferente, uma manobra do destino
Algo como se fosse em mim latente
Mas que me permite assim, sonhar em estar ao teu lado
Mesmo que estejamos em lugares diferentes

E foi vivendo a tua existência
Que a minha passou a ter sentido
E agora, todos os meus dias são projetos
E você, a maior das resoluções

2 comentários:

  1. Amigo, admiro esse teu estilo intimista tão teu, único e de marca registrada. Continuarei a te acompanhar nos versos e na leitura de nossos solilóquios em busca da beleza, do inefável.

    Abraços
    JP

    ResponderExcluir
  2. Esta não é mais uma poesia linda...
    Esta é completa!

    Beijux!

    Lys

    ResponderExcluir